segunda-feira, 30 de julho de 2012

Estas já cá cantam:

E mais umas outras que não encontrem a imagem em lado nenhum.
Agora falta escolher quais os sapatos que vou usar com estas calças. Já vos disse que não sou nada fã das saltos altos?!

Fiquei contente ao constatar que o S da Zara ainda me fica bem. Eu, para não ter aquela sensação que "oh não, estou gorda, não me serve", levei o M comigo para os provadores, acabei por ir buscar o S porque achava-as demasiado larga, e para meu espanto, ficaram-me bem.
Isto só quer dizer que, tenho que aproveitar que o meu corpo não me castigou muito pela falta de disciplina alimentar dos últimos (quase) 2 meses e tenho que aproveitar que ele não está assim muito chateado e voltar a alimentar-me bem, e voltar a fazer exercício frequentemente.

(Hoje, estou a alimentar-me bem mas... não vou ao ginásio. Tenho que ir à esteticista)
Nestas últimas semanas não é só a dieta que tem sido posta em casa, é sobretudo a alimentação equilibrada. Ontem por exemplo não tomei um pequeno almoço em condições, comi uma banana quando saí de casa, e basicamente passei o dia com banana, pão e um chocolate, não almocei e o jantar também não foi algo aceitável (Pizza). Sábado não jantei. Petisquei uma coisa qualquer e passou por jantar.
Ou seja, tudo más escolhas, e por falta de organização ou cansaço a mais.
A partir de hoje começo a melhorar e a retomar os bons hábitos, está prometido (a mim mesma).

terça-feira, 17 de julho de 2012

Por aqui a minha saga continua...
Todos os dias há uma coisa nova para fazer e de preferência para ontem.
Esta semana começou mais calma, vamos ver se assim continua...
Prevejo que a partir da próxima semana o ritmo volte a complicar. O meu chefe começa de férias, e durante 3 semanas. E isto aqui vai tornar-se um caos. A sra. directora vai estar a chamar de 5 em 5mn. E menos uma pessoa no serviço faz falta, sobretudo uma pessoa polivalente, como o meu chefe.
Na última semana, não só estará de férias o meu chefe como o meu colega. Isto quer dizer que eu ficarei com a minha directora. Acho que vou ficar doidinha.
Depois disso, estou de férias 8 dias úteis. Faltam 3 semanas e meia, ainda...
Estou mesmo a precisar, há muito tempo que não me sentia tão esgotada.
Em Outubro é que vou tirar o período maior, 13 dias úteis. :))

A semana passada ainda consegui ir treinar 3 vezes. Senti que me fez muito bem, ao corpo e sobretudo à "alma".
Esta semana... não fui ainda e nem sei quando vou.
Mal consigo andar, e não estou a exagerar.
Domingo fui fazer um percurso a pé, as famosas levadas muito típicas da minha região. E desde então, estou toda dorida. Gemes, quadriceps. Andar é um sofrimento.
Foram 8km, cerca de 3h45m. Destes 8km, apenas 2km foram planos, os restantes foram SEMPRE a descer. Mas que belo treino de pernas. Faltaram uns alongamentos bem feitos. Hoje rendi-me e comprei um relaxante muscular. (o Aldalgur) Não queria, mas não aguento mais. 
Cada vez que tenho que levantar-me só me apetece gritar, gritar com dores.
Espero sentir-me melhor amanhã. :)

Apesar disto, já ando a planear a próxima caminhada. Fazer o percurso entre os dois pontos mais altos da ilha. Uma extensão de 13km aproximadamente. Daqui a um mês.
Confesso que sempre quis fazer este percurso mas sempre teve algum receio. Acho que chegou o momento de desafiar-me. Este percurso está num mapa de percursos pedestres recomendados, com uma grau de intensidade moderado, por isso, não deve ser nada que eu não consiga fazer.
Subidas íngremes, com degraus "cravados" na rocha foi o que li algures sobre isto. Li também que a paisagem é soberba, por isso, eu vou.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

O ritmo por aqui continua idêntico. Sexta-feira saí tarde e quando ia a sair reparei que tinha ficado presa no meu gabinete, já tinham todos saídos... Tive que ligar ao meu chefe quevoltou atrás abrir-me a porta.
Saí super irritada, por não ter saído à hora que planeava e por ainda ter ficado presa. Deu-me um ataque de choro. Chorei. Depois fui jantar com o meu marido, e com uns amigos, fomos ao cinema e acabei por sentir-me melhor.
No fim de semana tive fui fazer um passeio de catamaran ao final do dia, para ver os golfinhos e o por do sol. E apesar de não termos visto os golfinhos e o por do sol também estar ofuscado pois tivemos um dia nublado, posso dizer que adorei o passeio.
Domingo à tarde, fui para a serra com os meus pais apanhar amoras. Em 2h de tempo, apanhamos 7kg de amoras. Nunca pensei. Desde miúda que vamos apanhar amoras e nunca apanhamos tantas. Aliás, acho que nunca atingimos 1kg. Ofereci 1kg a uma amiga minha, trouxe 1 kg para casa e a minha mãe ficou com os restantes para fazer doce.

Hoje de manhã deliciei-me com uma taça de amoras ao pequeno almoço.
Mas queria experimentar fazer qualquer coisa com ela.
Alguém tem alguma sugestão?
Muffins?
Geleia/doce?
Algo bom e saudável.

terça-feira, 3 de julho de 2012

A saga no meu local de trabalho continua e promete.
Hoje, quase ao final do dia o meu chefe chamou-me e passou-me mais uma coisa para fazer até sexta-feira. Não sei para que lado me vire. Juro.
Por um lado, admito que isto dá-me alguma satisfação, porque noto que ele confia cada vez mais em mim e no meu trabalho. Por outro lado, ando cansada, e tenho a perfeita noção que o meu horário normal de trabalho não é suficiente para fazer tudo o que tenho para fazer até sexta-feira. Sei que vou ter que dar mar de mim, trabalhar fora de horas e que vou continuar a prescindir de algumas coisas importantes para mim em prol do trabalho. Sei também, que nos tempos que correm o importante é ter trabalho...
Hoje saí relativamente cedo porque tinha um café combinado com uma grande amiga, por essa razão pelas 21h ainda vou fazer uma aula de cycling.
E é assim...
Dentro de duas semanas o meu chefe vai de férias e já nos foi preparando para o que aí vem.
E é assim, ando um bocado apagadinha do blogue, mas ando por aqui.


Ando há semanas a dizer:
Vou começar a ir ao ginásio de manhã.

A semana passada disse com muita convicção:
Para a semana começo a ir ao ginásio de manhã.
(Pelo facto de andar a sair do trabalho a horas pouco decentes)

A semana começou e eu: NADA.

Confesso que nem me passou pela cabeça a hipótese de ir ao ginásio de manhã. Esqueci-me dessa possibilidade. Ontem também não fui ao final do dia.
Rolei uma unha do dedo grande de pé, bem lá por baixo. Da maneira mais estúpida possível. Na cama, um pé no outro.
Saí do trabalho perto das 19h e fui a correr para a esteticista ver se ela conseguir remediar aquela situação. Colocou gel, e resultou. E espero que resulte até a unha crescer, uns longos meses.

Situação resolvida, hoje espero ir ao ginásio. Não espero fazer grande coisa porque há 3 semanas que não faço nada, mas pelo menos uma aula de rpm de 30mn espero fazer.


sexta-feira, 29 de junho de 2012

Estou de rastos, estou.
A precisar de umas boas férias.
Longe.

Ando a trabalhar uma média de 10h por dia, ontem trabalhei 15h seguidas. Dormi mal. Doí-me as costas.
Estou aborrecida e desmotivada.
Acho que esta saga vai continuar.

E se eu vos disser que sou Funcionária Pública, acreditam?
Pois, é verdade.
Depois somos todos rotulados de malandros. Mas há pessoas, como eu, que dão o litro. Trabalham horas a fio, são pressionadas, e... o reconhecimento?
Vencimento reduzido, sem subsidios, carreiras congeladas...
Por causa da m.... que aqueles que em nada são atinigos fizeram...

Vou ali, respirar fundo e trabalha mais umas quantas horas antes de ir de fim de semana.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ando em modo Off.
Off do ginásio, do blogue e da dieta.
O trabalho tem me sugado imenso. Há duas semanas que saiu tarde todos os dias. Não vou ao ginásio porque simplesmente não me apetece.
Na alimentação, como o que me apetece (vá lá que tenho uma tendência natural para gostar de coisas minimamente saudáveis).
Ando cansada. A precisar de espairecer. E é isso que tenho feito. Não tinho ido ao ginásio e todos os dias, depois do trabalho, apesar de sair tarde e dar sempre uma seca a alguém, tenho feito coisas diferentes e estado com as pessoas que gosto. Tenho feito coisas que não fazia há anos, e estado com pessoas que não estava há imenso tempo.
E percebi uma coisa: tenho sido uma espécie de vitima da minha própria rotina. Falta-me a convivência com as pessoas que gosto.
Ouvi uma amiga dizer: gosto de te ver assim, mais livre, sem ser só ginásio e ginásio.
Ok. Tenho que arranjar um meio termo. O ginásio faz-me bem? Sim, muito. E as pessoas que gosto: Também.
Então tenho que equilibrar as coisas. Tenho que aprender.
Tenho que ser menos  stressada e ansiosa. Sem querer estar em todo o lado ao mesmo tempo. Definir prioridades consoante o meu estado de espírito.
Talvez assim seja ainda mais feliz.
Talvez consigo antigir com maior facilidade os meus objectivos.
Talvez não me sinta deprimida.
Talvez... Talvez...
Seja outra pessoa. Mais leve, mais livre.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

ES-CA-LO-NA-MEN-TO!!!

Escalonamento. Escalonamento. Escalonamento.

Esta é a palavra que mais tenho dito nos últimos dias e, desde ontem, que chego á segunda silaba e empato ali e não consigo dizer a palavra.
Duas vezes, em frente ao meu chefe.

Trabalho de casa:
Dizer 150 vezes ES-CA-LO-NA-MEN-TO!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Ando...
cansada...
esfomeada...

Esta semana tem sido...
trabalho...
casa...
comer...
dormir...

Nada de ginásio e a alimentação é "assim-assim".

Acho que esta será a minha semana off.
Off do ginásio e da dieta demasiado cuidada.

Até já.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Em poucas palavras: o meu fim de semana resumiu-se a dormir muito, comer muito (sobretudo massas e doces), sem exercício físico, passar a ferro, limpezas e ainda vi Os Azeitonas e assisti a uma "Noite de comédia".

Hoje acordei decidida a alterar a minha alimentação, incluindo mais hidratos e voltar a trazer almoço de casa. Só me vou pesar lá mais para o final da semana para reduzir o impacto do fim semana, pois tendo em conta o meu histórico calculo que o estrago foi grande.
Decidi também não ir nutricionista amanhã. Fui a semana passada, e acho que vou deixar de ir com tanta frequência. E isto não tem a ver com o facto de o fim de semana não ter sido muito adequado, mas sim por achar que as medições frequentes podem gerar mais ansiedade e desanimo e ter o efeito contrário ao pretendido.

Quem me entende... não é?

Hoje é dia de corrida e apesar de já não correr há uma semana (mas fiz aulas de RPM) espero conseguir fazer o mesmo que fiz na última corrida, cerca de 4,5km sem parar em pelo menos 30mn.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Sexta-feira, 17h58mn.
Hora de saída: 17h30mn
A minha directora estás desde as 15h00mn (hora que chegou do almoço) a dizer que quer reunir connosco.
Senão fosse sexta-feira e eu não tivesse intenção de ir ao supermercado e à lavandaria e depois preparar um jantar diferente... nem reclamava.
Mas é indecente.
Estou chateada com o meu organismo. Estou!
Em quatro dias, bastou eu comer 1 gelado, 1/2 com queijo e uns amendoins e ele esqueceu-se de todo o esforço que tenho feito nas últimas semanas e dá-me mais 1 kg?!
E o meu intestino deixa de funcionar regularmente...

Estou chateada... Estou.

Gostava de saber se eu não praticasse exercício físico com regularidade como é que eu estaria? Eu tenho uma alimentação saudável, pratico exercício físico com intensidade moderada a intensiva e... o meu corpo não cede. Irrita-me.
Faz-me querer que não estou a dar ao meu corpo os alimentos certos e/ou nas quantidades certas. Faz-me querer que algo não está bem.

Tenho que pensar num outro plano, ver se o meu organismo reage e começa a mostrar resultados.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Como eu sou teimosa c'mo raio (desculpem a expressão) ontem fui fazer uma aula de RPM e o pé continuou a doer. Acho que não doeu tanto como no dia anterior, mas doeu...
O facto de doer menos não quer dizer nada, porque esta dor tem sido assim mesmo, uns dias mais intensa que outros. Depois, em casa coloquei gelo e Voltaren. Mas hoje não acordei melhor, pelo contrário...
Inicialmente não sentia esta dor na corrida, agora já começa a incomodar.Hoje é dia de ir correr, e eu vou. Logo agora que estou a começar a ficar uma expert em corrida... claro que vou.
Ontem depois da aula de RPM fui apanhar o A., estava tão cansado que não quis ir ao ginásio e pelo contrário sugeriu irmos jantar ao shopping. Eu ainda me ri e disse que não podíamos. Mas confesso que até a mim me apetecia mudar de ares, uma vez que as nossas últimas semanas têm sido: treino até tarde, sopa e dormir.
Ontem como ele não ia ao ginásio eu fui a uma aula ás 19h e então fomos jantar ao Hamburguer Gourmet. Normalmente a minha escolha recai sempre no Tuga ontem consegui escolher o Mediterrâneo e acompanhei com saladinha.
Tuga
Mediterraneo
(com rúcula, tiras de parmesão e figos secos)
Resisti e escolhi uma refeição razoavelmente saudável. Mas não resisti à sobremesa e comi:

McFlurry Corneto de frutos vermelhos
(Fiquei fã deste gelado assim que o experimentei há 2 semanas atrás. Só voltei a comer ontem, não é assim tão mau?)

Eu quando como um doce fico sempre com vontade de comer mais um e mais um... Ainda tentei convencer o A. a irmos comprar o novo Magnum Infinity que eu ando há imenso tempo a querer experimentar mas ainda não encontrei. (sorte a minha)
O A. não cedeu e não comemos mais doces.
Em compensação quando cheguei a casa teve que "cortar" um desejo de doces com um salgado. A vocês também vos acontece isto? Eu comi uma mãe de amendoim (sem sal). Ando "viciada" em amendoins. Tenho que exterminá-los lá de casa.
Outra coisa que exagerei ontem ao lanche foram as bolachas de aveia e linhaça. Eu sou um verdadeiro monstro das bolachas. Simplesmente A-D-O-R-O e não posso comer 1 sem comer logo umas quantas atrás. Sejam doces, salgadas, tudo. E foi mais ou menos isso que aconteceu, não descansei enquanto não acabei com pacote daquelas bolachas de linhaça que comprei anteontem. Ou seja, em dois dias acabei com um pacote de bolachas com 16 bolachas.
Agora para castigo, não as volto a comprar nos próximos tempos e hoje não trouxe para o lanche nenhum tipo de bolachas. (Que é assim que tenho feito nas últimas semanas)



quarta-feira, 13 de junho de 2012

Afinal o peso que perdi corresponde exactamente ao que não devia perder, a massa muscular. E numa semana, perdi demasiado.

Peso: 58,9 Kg (59,5)
Massa gorda: 24,2% (24,1)
Massa muscular: 42,3 kg (43,6)
% Líquidos: 55,9 (55,7)

Confesso que fiquei triste mas, na hora, não fiquei desanimada.
O desanimo e frustração vieram mais tarde.
Depois de fazer a avaliação física no ginásio (em que de uma forma geral estou bem mas depois poderei falar disto mais em pormenor) fui fazer uma aula de rpm e foi aí que senti todas as frustrações a caírem sobre mim. Não conseguia pedalar, não consegui dar o meu melhor, a dor no pé acentuou-se e estava a limitar muito a minha pedalada.
Detesto quando me acontece isto. Querer dar mais e haver uma parte de mim que não responde. É frustrante. Desanimador.

Isto fez com que saísse do ginásio desanimada e em baixo. E pior que isso, é que cheguei a casa (estava só) e descontei na comida. Há várias semanas, que não me acontecia isto. Esta vontade desmesurada de comer. Comer por comer, não por fome.
Comi uma sopa, depois ainda comi pão com queijo (?) e não satisfeita ataquei os frutos secos (ameixas, amêndoas e amendoim (?)). Eu sei que apesar de tudo as escolhas não foram muito más, mas era dispensável, e sobretudo as quantidades. Além disso, era já tão tarde, já passava das 23h e depois adormeci.

Hoje é um novo dia, é certo. Mas ainda me sinto desanimada. Não me refugiei na comida, e espero não o fazer.
O meu pé continua a doer por essa razão hoje nem vou ao ginásio.

Nem todos os dias têm que ser bons...

Alimentação de ontem:
Pequeno-almoço: 1/2 papaia, 1 iogurte natural com 2 colheres de sopa de farelo de aveio e 1 de sementes de chia
Lanche: 1 maçã e 6 amêndoas
Almoço: Frango cozido simples com salada de alface, tomate, couve, curgete, beterraba e milho
Lanche: 1 iogurte liquido magro e 3 bolachas
Lanche 2: 1 banana e 3 bolachas
Jantar: 1 sopa de legumes sem batata + pão com queijo + frutos secos

Ontem comprei estas bolachas e fiquei fã. São óptimas e saudáveis.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Ontem, pela primeira vez, corri 30mn sem parar. O ritmo pode não ter sido o mais rápido, mas para mim, neste momento, é o ritmo certo. Não sei ao certo a distância, penso que sejam 4km, mas com subidas e descidas. Aliás os primeiros 10 mn posso dizer que são sempre a subir, mesmo sendo uma subida pouco acentuada, custa-me imenso.
E ontem não parei porquê?
Porque assim que começamos a correr o A. encontrou um rapaz, filho de um conhecido dele das lides profissionais, que ia simplesmente a fazer uma caminhada com outras pessoas, e o A. começou a incentivá-lo para correr connosco. E não é que o pequeno alinhou?! E eu, apesar de me apetecer parar na primeira subida, como sempre faço, não parei. E não parei porquê? Porque fiquei com receio de os perder de vista e não queria ficar para trás sozinha.
Eles iam um ao lado do outro e eu atrás deles. A determinada altura comecei a ver que o rapaz (deve ter uns 18anos) estava a perder ritmo, não estava a aguentar, ele insistiu. A determinada altura parou mesmo e ficou para trás. Nós continuamos. Nunca mais o vimos. Eu fiquei com pena dele e ao mesmo tempo com um peso na consciência. E fiquei a pensar nele o resto do treino. Então o A. incentiva-o a correr, ele vem e depois fica para trás sozinho? Suponho que deve ter ligado à mãe para o vir buscar de carro. (A mãe era uma das pessoas que estava com ele) No momento que alinhou connosco na corrida deve ter pensado que só íamos fazer a promenade e que andaríamos ali  ás voltas... mas como não gostamos de andar ás voltas no mesmo sitio porque torna-se muito monótono, optamos sempre por um percurso em que não se repita nenhum troço.

Aparte disso, foi um bom treino. Superei-me. Nunca corri 30mn sem parar uma única vez. (Agora ando o A. a dizer que tem arranjar companhia todos os dias para eu não parar.) Depois ainda fiz musculação no ginásio. Para não variar só cheguei a casa ás 23h.

Hoje, além de ter consulta com a nutricionista também tenho avaliação física no ginásio. Estou ansiosa por ver os meus resultados.
Depois conto tudo. ;)

A alimentação de ontem:
Pequeno almoço: panquecas (1 clara, 1 colher de sopa de farelo de aveia, outra de flocos de aveia e outra de linhaça moída e um batido de kiwi com aipo (2 kiwi + 1 talo de aipo + um pouco de água na liquidificadora)
Lanhe: 1 maçã e 10 amêndoas
Almoço: 1 sopa com legumes inteiros (feijão, cenoura, courgete, milho e acho que tinha batata) e um fatia de "bolo salgado" com soja, quinoa, cevada, lentilhas e outros legumes
Lanche 1: 1 iogurte liquido magro
Lanche 2: batido de melancia com aipo
Jantar: 1 sopa de legumes sem batata

Tomei ainda batido de proteína antes e depois do treino.
E quase de 3l de água ao longo de todo o dia.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

O meu último investimento.
Eu sempre tive celulite, sobretudo no abdómen e nas coxas. Nunca tive o hábito de recorrer a este tipo de cremes, sempre achei que era dinheiro mal gasto. Talvez nunca o tenha aplicado nas vezes necessários e durante o tempo necessário para surtir efeitos.
No ano passado investi num anti-celulitico da marca Roc, usei durante vários meses e a verdade é que notei alguns efeitos. Acredito que o resultado não se deveu única e exlusivamente ao creme, mas sim à conjugação com uma alimentação saudável, exercício físico e a ingestão de muita água.
Este ano resolvi investir novamente, já devia ter começado mais cedo, como o fiz no ano passado. No entanto, como só agora ando novamente aplicada no exercício físico e alimentação faz então sentido.
Este ano comprei esta marca, sei que é uma boa marca porque já a usei em outros cremes. A embalagem era económica, promoção de lançamento, e o creme da Roc que eu usei já está descontinuada. (Aliás foi por isso mesmo que eu deixei de usar, senão acho que teria continuado mesmo durante o inverno)
Espero que seja tão bom ou melhor que outro.
:)
Só devia ir á nutricionista na próxima semana, mas como perdi algum peso de 4.ª a sábado da semana passada, acho que devia ir esta semana. Quero saber o que perdi realmente, se foi massa muscular não interessa.
A verdade é que na roupa não noto diferença, apenas na balança que esta manhã mostrou 57,100kg e tenho estado entre os 58,500 e os 59kg.
Consegui uma vaga para amanhã, a ver vamos.

Hoje o meu almoço foi vegetariano, comi uma sopa com legumes inteiros (entre eles feijão, milho, cenoura, courgete) e uma fatia (enorme) de "bolo" salgado com soja, lentilhas, quinoa, cevadinha e legumes. Não sei se foi uma boa escolha, uma vez que não houve proteínas e por outro foi "rica" em hidratos de carbono.

O que vos parece este almoço?

Tenho que voltar a organizar melhor as minhas refeições de forma trazê-las de casa, pois na última semana "baldei-me". E quando não trago acabo sempre por não saber o que almoçar e faço umas escolhas que embora saudáveis podem não ser as mais adequadas.

domingo, 10 de junho de 2012

O meu almoço de ontem foi "tudo o que tinha no frigorífico em vias de se estragar".
Ou seja: beringela, tomate, pimentos e cogumelos.

Resultado:

Antes de ir ao forno.


Depois de ir ao forno.

Nome para isto?! Hummmm... Não sei. Empadão de beringela?

Coloquei uma camada de beringela, outra de tomate, outra de pimentos, os cogumelos e finalizei com beringela novamente. Salpiquei com azeite e polvilhei com Ervas de Provence. O resultado foi este e digo-vos que de sabor estava óptimo.




No meu prato adicionei um queijo fresco e deliciei-me com este almoço.


Foi um fim de semana saudável.
Hoje almocei em casa dos meus pais e comi frango assado com salada. Comi ainda uma fatia de quiche (feita por mim e que não fotografei) de cenoura, brócolos e requeijão. Foi uma experiência e funcionou. Estou a pensar repeti-la substituindo o requeijão por queijo fresco na tentativa de torná-la mais saudável...
Desta vez também fiz a base, com farinha integral e estava óptima.
Da próxima vez que fizer, vou fotografar e dizer-vos como fiz.
Neste momento tenho uma panelada de sopa ao lume, para o jantar de hoje e outros ao longo da semana. Para mim e para o A. que continua empenhado na sua dieta.


sábado, 9 de junho de 2012

Finalmente as minhas panquecas:


2 claras, uma colher de sopa de farelo de aveia, uma de linhaça moída e uma de farinha de aveia. A intenção era fazer só com 1 gema mas como deitei a farinha de aveia e a mistura estava muito densa optei por juntar mais uma clara. Adicionei ainda uma pitada de canela.


Deu esta3 panquecas e fiz na anti-aderente sem gordura nenhuma.



Adicionei um pouco de doce de nêspera com nozes que a minha mãe fez.



E ficaram assim. Não ficaram excelentes mas ficaram boas. Tenho que melhorar, porque estavam um pouco "duras". Parece-me um pequeno almoço saudável mas não fiz cálculo das calorias.


Os últimos dias a minha alimentação tem sido diferente do habitual, tem sido saudável mas diferente. Depois do jantar de terça-feira dormi mal a noite e o meu organismo começou a pedir "desintoxicação" e deve ter sido isso mesmo que aconteceu, porque nos últimos 3 dias perdi cerca de 1,5kg. Tenho tido imenso trabalho, tenho andado bastante stressada e nervosa e a vontade de "mastigar" tem sido pouca. Por isso a minha alimentação tem sido à base de sopas e batidos de fruta e legumes.
 Agora já me sinto melhor, e parece que devo começar a alimentar-me de outra forma. No entanto, agora estou com algum receio de comer, ou melhor, de não fazer as opções certas. Ou seja, tenho medo que o meu organismo absorva tudo e transforme em gordura.
Tenho que procurar fazer as opções certas, uma alimentação muito baixa em gorduras.

Felizmente o fim de semana chegou, estava a precisar, embora o trabalho que tinha que fazer ainda não esteja pronto, penso (espero) que segunda-feira calmamente conseguirei terminar.


quarta-feira, 6 de junho de 2012

Ontem à noite comi como uma loba. Mesmo. "Empanturrei-me" de amendoins e ainda bebi 1 panaché. Depois o jantar foi strogonof com arroz branco e salada de alface, tomate cherry e mozzarela.
Claro que não estou habituada a comer assim ao jantar e muito menos a comer amendoins e ás 4h30 da manhã sentia que tinha os amendoins ás voltas no estômago e que não os consegui digerir.
Tirando isso a alimentação foi boa durante todos o dia.

Ontem foi dia de nutricionista e os resultados não foram tão bons quanto eu esperava...
Peso: 59,500 Kg (60,200)
Massa gorda: 24,1% (24,1)
Massa muscular: 43,6Kg (43,4)
% Líquidos: 55,7 (54,6)
Os valores entre parentises correspondem aos valores da última consulta a 22/05/2012.
Como podem ver os resultados não os mais desejados... Mas atendendo a que o meu intestino não anda no seu melhor e que ontem á noite chegou o período... não são assim tão maus. Certo?

O jantar de ontem foi agradável, falamos, rimos, falamos de velhos tempos e sei que para o A. foi mais importante que para mim porque são amigos há imenso tempo e ele está fora, e foi exactamente por isso que eu sugeri fazermos este jantar lá em casa.

Hoje estou a desintoxicar do exagero de ontem à noite, o pequeno almoço foi um "batido" de abacaxi e aipo e acabei de comer uma maçã, que deveria ser em sumo mas não é possível fazer aqui e trazer feito de casa também não é viável.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Ontem consegui correr 5,5km em 37mn. Ok, não é um grande tempo porque eu parei umas 196543145 vezes mas cheguei ao fim. Quer dizer, não parei assim tantas vezes dever ter sido "só" umas cinco vezes. E também não foi literalmente parar, foi abrandar o ritmo que é como quem diz, caminhar rápido.
Um dia espero correr tudo isto sem parar. Ontem o meu estômago não me ajudou, estava estranho. Passei o dia enjoada, e apesar de ter comido ás 18h15 uma maçã e um iogurte com sementes de chia e canela, ás 21h, hora em que fui correr, o meu estômago ainda andava ás voltas e por duas vezes parece que a comida me saia pela boca.
Depois cheguei a casa jantei uma sopa e fiquei ainda mais mal disposta. Tomei um chá de camomila e fui dormir. Acordei melhor, mas veremos com a continuação do dia como se porta o meu estômago.

Em relação à minha alimentação nos últimos dias tem sido saudável, não tive hipótese de publicar e agora, por já ter passado algum tempo, e já não ter bem presente o que comi desde sexta-feira, não vou publicar. Apenas fica a nota, que tem sido sempre saudável. Yeee. Inclusive no fim de semana.

Ontem o meu dia foi assim:

Pequeno almoço: 1 fatia de pão integral com 1 queijo fresco, 1 chá vermelho e 6 morangos
Lanche: 10 amêndoas
Almoço: Uma fatia de quiche com cenoura, brócolos e requeijão, com salada. E... uma tarte de tofu e alfarroba. (Quando vou almoçar aquele sitio não resisto a esta tarte)
Lanche 1: 10 amêndoas
Lanche 2: 1 maçã ao cubos, 1 iogurte natural, 1 colhe de sopa de sementes de chia e uma pitada e canela
Jantar: 1 sopa de legumes sem batata

Hoje é dia de nutricionista. Não estou à espera de grandes alterações no peso porque peso-me em casa e sei que o peso não tem reflectido o meu esforço, contudo espero ter algumas alterações a nível da composição corporal.

Hoje há um amigo do A. (nosso, quero eu dizer) que vai lá a casa jantar. Ele está fora e por motivos de força maior teve que vir aqui por 2 dias, como são muito amigos (e vamos ser padrinhos de casamento dele no próximo ano) convidamos para ir lá casa jantar hoje.
A minha escolha para o jantar de hoje não é a mais saudável, pensei em assar frango no forno, mas acabei por planear um strogonf. Pensei em fazer de peru, o A. não gosta mas acho que ele nem ia notar que era peru. Mas acabei por optar pela "bela" da carne de novilho. Já comprei a carne ontem por isso vou mesmo cozinhá-la mas sinceramente já me arrependi. Para compensar, faço com natas de soja. (como sempre) Isto é mais uma das coisas que o A. diz que não gosta e afinal já comeu algumas vezes sem saber, porque eu quando faço o strogonof é sempre com natas de soja. hihihi
Eu mal como carne, ataco sempre os cogumelos.
A sobremesa será fruta (abacaxi, melão e morangos). Ultimamente sempre que recebo alguém lá em casa para jantar, quando é pouca gente, nunca faço sobremesa, opto sempre pela fruta. Além de ser uma opção saudável, não tenho que ficar vários dias com pudim, mousse, tarte ou algo do género no frigorífico à espera de ser comido.
Hoje não vou ao ginásio. Amanhã é dia de uma nova corrida e quinta-feira, como é feriado, vamos jogar ténis, sexta-feira será dia de pedalar. :)

sábado, 2 de junho de 2012

E ontem a minha alimentação foi saudável e equilibrada durante todo o dia.

Pequeno almoço: 1 fatia de pão integral, 1 queijo fresco e uma chávena de café com bebida de soja sem açúcar).
Lanche: 6 morangos e 2 galletes de arroz integral sem sal
Almoço: Filete de peixe espada preto com legumes cozidos (couve-flor, feijão verde, cenoura e milho)
Lanche 1: 3 bolachas integrais e 1 iogurte magro com 1 colher de sopa de farelo de aveia
Lanche 2: um sumo natural de melancia e aipo (consiste apenas em colocar uma fatia de melancia e um talo de aipo no liquidificador) e 10 amêndoas
Jantar: um creme vegetal e uma fatia de pão de cereais (tinha passada na padaria trouxe este pão, estava tão fresquinho e fofinho que não resisti a comer)

Ontem não fui ao ginásio, quando saí do trabalho fui ao super mercado, frutaria e padaria fazer as compras semanais. Tentei despachar-me para ainda ir treinar mas depois o A. estava sem vontade porque hoje tem um dia cheio de trabalho e acabei por seguir o seu exemplo e também não fui)
Não costumo referir aqui mas água em bebo todos os dias, no mínimo 1,5l de água. Para mim não é um esforço, é uma necessidade.

Hoje também não vou ao ginásio, e espero ir amanhã de manhã a uma aula de bike.
Terça-feira é dia de consulta na nutricionista e estou ansiosa. Pelo que vejo na minha balança de casa, em relação ao peso não há grandes alterações, espero ter alterações a nível da composição corporal,  menos massa gorda e mais massa muscular, visto que tenho intensificado o meu treino de força/musculação.

Esta minha dedicação nos últimos tempos, deve-se a mim mas não só. O A. ando muito mais entusiasmado, quer com o ginásio, quer com o cuidado com alimentação. Finalmente estou a conseguir, e isso faz-me muito feliz.
Ele não é obeso mas tem uns kilitos a mais, e tem sobretudo barriga ( e não de beber álcool). Ganhou estes kilinhos nos últimos 3 anos, depois de deixar de fumar. Nessa fase, comia muita porcaria, sobretudo doces. Algumas vezes a culpa era minha, porque eu fazia/comprava coisas que ele gostava mesmo sabendo que isso não era a opção mais saudável.
Ultimamente, vejo-o muito mais cuidadoso, e eu também tenho feito os possíveis para que ele mantenha uma alimentação saudável.
O almoço é da responsabilidade dele, porque almoça sempre fora, mas ao jantar já consegui fazer com que ele coma sopa, sem batata, quase sem sal e sem comer pão carregado de manteiga a acompanhar. Come a sopa, (que é a única forma que ele consegue comer legumes, e depois come uma gelatina ou um iogurte ou fruta. Sei que almoço, raramente come fritos e come carne acompanhada de arroz branco e alface. (No entanto, conheço bem o restaurante onde ele vai almoçar e sei que a cozinheira carrega bem na gordura. Por exemplo, pedimos um bife grelhado e este quando chega ao prato vem repleto de gordura. Não faço ideia como faz o grelhado, mas para mim de gralhado tem nada. Depois há mais um ponto negativo, que é o facto de a cozinha conhecer o meu marido há anos e "mimá-lo" sempre quando serve o prato dele. Enfim...)
Tenho o cuidado de prepapar-lhe o pequeno almoço e adicionar uma boa dose de fruta, pão semi-integral ou de cereais, e há hora de almoço passo no supermercado lá perto e ainda levo-lhe para a empresa água e umas bolachinhas (Maria, que dentro daquelas que ele gosta são as mais saudáveis) que ele come umas 4 a meio da manhã e da tarde.
No outro dia disse-me que nas últimas 2 semanas perdeu 2kg. (Eu até já tinha notado que estava mais magro mas não quis dizer nada) Sinceramente, fiquei muito contente.
A mim a balança não tem respondido da mesma forma mas na mesma estou satisfeita por ele.
:))
Alimentação ainda não está a ideal mas já está muito melhor. Com pequenas mudanças se vai ao longe.
Eu acredito que sim.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Ontem foi um dia de "cheat meal".

Jejum: Água morna com sumo de limão e 1 toranja
Pequeno-Almoço: Papa de aveia (25g + 200ml de leite de soja) e 1 colher de sopa de linhaça moída e chia
Lanche: 1 iogurte liquido com 1 colher de sopa de linhaça e 10 amêndoas
Almoço: Omelete (3claras e 1 gema) com espinafres, cebola e cogumelos, com salada de alface, tomate, pepino, cenoura e beterraba. Mais 4 morangos para sobremesa
Lanche 1: 1 maçã e 10 amêndoas
Lanche 2: 1 fatia de pão integral com fiambre de peru
Jantar: Hamburguer com batatas fritas. Sobremesa: O novo gelado do MC Mcflurry corneto de frutos vermelhos. (Gostei)

Não fui ao ginásio e ainda estraguei o dia com este jantar.
Bem... Foi um dia. Não estou muito muito preocupada. Acho que poderia ter evitado e deveria ter sido mais forte e resistir à tentação, até porque além de fazer mal à dieta ainda tem o incoveniente de dormir mal, porque não estou habituada a dormir com tanta comida no estômago e os meus intestinos hoje parece que deixaram de funcionar...
Hoje voltou tudo ao mesmo, alimentação certinha e saudável. (Até ao momento)
Não vou ao ginásio porque estou com uma ligeira dor no pé e talvez seja melhor não esforçar...

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ontem foi o dia dos frutos secos. Foram amêndoas, bagas de goji e ameixas.

Em jejum: água morna com sumo de limão e 1 toranja
Pequeno-almoço: Mistura de cereais all-bran, fitness, linhaça, chia e goji (35g aproximadamente) com 200ml de leite de soja
Lanche: 1 iogurte com 1 colher de sopa de farelo de aveia e umas 10 amêndoas
Almoço: Uma espécie de jardineira com peito de frango e legumes (couve lombarda, couve-flor, cenoura, courgete e cogumelos) com uma mão de massa fusili tricolor
Sobremesa: 1 tarte de tofu simples (foi exclusivamente tofu e sem doce. Podia pedir com doce e ficaria uma espécie de cheese cake mas vegetariana) Não resisti. opsss
Lanche 1: 1 maçã e uma mão de amêndoas
Lanche 2: 1 banana ( a intenção era ser só uma banana porque mais iria ao ginásio mas depois os meus olhos passaram novamente pelas bagas de goji e pelas ameixas secas e lá tive que trincar umas quantas de ambas, cerca de 1 mão de uma mistura das duas)
Jantar: 1 sopa, 1 queijo fresco e 1/2 tomate

No post anterior algumas pessoas disseram que eu comi pouco, sobretudo ao jantar. Não sei se é realmente pouco porque eu normalmente chego do ginásio por volta das 23h e o jantar é a essa hora, sendo que depois disso sento-me no sofá e adormeço. Mudei a minha rotina de treino nas últimas semanas. Antes costumava ir ao ginásio ás 19h e depois quando chegava a casa é que tratava do jantar, almoço para o dia seguinte, e de outras coisas como roupas e afins. Agora tenho feito ao contrário: faço tudo o que tenho a fazer antes de ir ao ginásio e depois quando chego a casa é só jantar e descansar. Noto que com isto tenho a minha rotina diária mais organizada e ainda consigo ficar a trabalhar até mais tarde. Porque para ir ao ginásio ás 19h tenho que sair cedo (quer dizer a horas) e assim tenho me permitido trabalhar até mais tarde.
Há uns meses atrás não conseguia fazer isto de forma alguma, ás 21h sentia-me completamente de rastos e incapaz de fazer qualquer tipo de exercício físico. Ou ia ás 19h ou então já não conseguia ir. Ultimamente ando com mais energia e enquanto me aguentar com este ritmo vou continuar.
A balança não anda cumprir a sua parte do acordo mas... isso é outra conversa. Logo há de ceder.

Ponto negativo a realçar: talvez comi mais frutos secos do que era recomendado e a tarte de tofu era dispensável. Mas como disse a Pizza, esta tarte é inofensiva. :D

Ontem tentei correr, corri 20 mn com muito esforço, alternando entre corrida e caminhada, porque me doía imenso o calcanhar. Depois fiz 20 mn de elíptica e musculação. Hoje acordei com alguns músculos doridos e confesso que é uma sensação que me sabe bem (até certo ponto, óbvio). Gosto de sentir que "trabalhei". Percebem?

Em breve teremos fotos. ;)

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Quando comecei este blogue publicava a minha alimentação diária, sem colocar fotos. Depois achei que isso tornava este blogue demasiado maçador e deixei de o fazer. Depois comecei a colocar algumas fotos de algumas das minhas refeições. Agora há uns dias que nem publico o que como nem coloco fotos.
Agora vou voltar a publicar a minha alimentação diária, e vou tentar colocar algumas fotos.
Assim, ontem o meu dia alimentar foi assim:
Em jejum: sumo de limão com água morna e 1 toranja
Pequeno-almoço: papa de aveia ( 25g de flocos de aveia e 200ml de leite de soja) + 1 colher de sopa de sementes de chia e linhaça moída
Lanche: 1 iogurte liquido com 1 colher de sopa de farelo de aveia e 4 bolachas integrais
Almoço: uma salada com couve lombarda, cenoura e beterraba com atum em água com pimento, salsa, tomate cereja e feijão.
Lanche 1: uma maçã e 4 bolachas integrais
Lanche 2: 2 bolachas de arroz e 1 iogurte natural com uma mão de bagas de goji e amêndoas laminadas
Jantar: 1 creme vegetal, 1 queijo fresco e 1 tomate

Fui ao ginásio às 21h a uma aula de rpm express (30mn), fiz abdominais e depois fui ao banho turco e á sauna. Saí dpor volta das 22h45mn e estava exausta. Até estava indisposta com tanto cansado e fome. A sauna tem esse efeito em mim, sinto-me exausta e faminta.
Ao tomar duche senti-me estonteada, penso que poderá ter sido por não te me hidrato bem depois da sessão de banho turco e principalmente da sauna.
Depois jantar, sentei-me no sofá e 2mn já tinha adormecido.

Hoje é dia de fazer a segunda corrida desta semana, vamos ver se me sinto em condições, porque hoje sinto-me cansada. Tenho treinado todos os dias, e preciso também de dar descanso ao corpo. Mas preferia descansar amanhã.

Olhando para a minha alimentação de ontem, parece que comi muito...? Na verdade, não comi mais porque consegui controlar-me porque entre a hora que cheguei a casa e a hora que fui ao ginásio, apetecia-me come mais...

terça-feira, 29 de maio de 2012

Eu sempre achei que a minha área profissional ideal seriam os números. E até aqui tudo bem. Gosto, gosto muito.
Sempre achei que a meu local de trabalho ideal seria o gabinete, com um pc, sem pessoas, sem contacto com o público, sem ter que falar muito... E aqui acho que me enganei redondamente.
Isto de estar todo o dia, horas após horas, enfiada num gabinete, em frente a um pc, às volta com os números, sem falar com quase ninguém, tem dias que dá comigo em doida. Dias em que sinto necessidade de falar, trocar ideias, aprender, dialogar, rir... dias que queria estar num ambiente mais descontraído, em que os colegas podem tratar-se pelo nome, sem titulo nenhum à frente.
Sinceramente, tenho dias que sinto-me na profissão errada, no local errado. Por vezes sinto falta da vertente humana, do contacto com as pessoas, sinto necessidade de comunicar...
Muitas vezes procuro enquadrar-me num outro ambiente profissional, vejo-me numa sala de aulas, vejo-me a trabalhar com crianças, ensinando, aprendendo.

Basicamente, o que me faz falta é o conctato pessoal. A vertente mais humana. Social.

Isto poderá só ter a ver com o sitio em que estamos e com as pessoas que nos rodeiam e não obrigatoriamente com a área.

De qualquer forma, já consegui uma vitória, pequena é certo, mas simboliza um amenizar do ambiente gélido, entre colegas já não existe o titulo e a gravata (que são só homens) passou a ficar em casa e eu até já visto jeans e sandálias.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ainda estou a tentar perceber como é que eu sexta-feira publiquei um post e ele não aparece em lado nenhum.
E só agora reparei...
Mas diz, tenho a certeza disso.
...
O meu fim de semana passou tão rápido... Não foi mau mas também não foi dos melhores. Foi assim, assim, como diz o Português.
Passei muito tempo em casa e sem o A., que teve um fim de semana em cheio, com imenso trabalho.
Sábado das 9h às 02h e domingo das 09h30 ás 19h.
Não fui à casa dos meus pais e pensei que iria aproveitar o fim de semana para organizar uma série de coisas em casa, mas não consegui.
Sábado foi dia de limpezas e arrumações em casa. Desta vez até não foi muito difícil porque estava tudo mais ou menos organizado.
Continuo é com imensa roupa por passa e ferro...
Sábado acabei por convidar duas primas minhas (muito muito afastadas, que quase nem são parentes, mas que nos damos muito bem e tivemos muito em comum na nossa infância) para irem lá a casa jantar. Jantamos, conversamos, vimos fotos do meu casamento... foi agradável.
Domingo, acordei cedo, fui deixar o A. e depois fui a aula de cycling.
Depois do almoço, sentei-me a ver tv e dormi 2h seguidas. E não fiz nada do que era suposto fazer.

Ontem comi um gelado ao lanche e ainda me permiti comer pizza (feita por mim) ao jantar.
Foi o nosso momento. O A. chegou por volta das 19h e eu decidi que ontem era um dia adequado para o "nosso" jantar. Há sempre um dia na semana, que eu gosto de preparar um jantar assim, algo rápido, fast-food, que comemos sentados no sofá, ou no chão da sala com a mesa de centro de apoio.

Sexta-feira à noite fiz pela primeira vez pipocas. E o meu jantar foi uma maçã com canela e leite soja, no micro-ondas e depois vinguei-me na taça de pipocas enquanto via-mos um filme.

No sábado ao jantar, fiz uns bifinhos de perú recheados e a sobremesa não foi mais que um misto de frutas da época (melancia, melão, papaia e kiwi). Não fiz sobremesa, porque achei que a fruta seria muito mais saudável e fresca e não teria que ficar a semana toda com uma mousse ou pudim, ou tarte no frigorífico. Acho que foi uma boa estratégia, e apesar de ter abusado um pouco ao jantar a coisa ñ foi assim tão má.

Apesar deste fim de semana, hoje sinto-me cansada, parece que não houve fim de semana, passou super rápido...
E ao hoje ao almoço não resisti a uma bela fatia de tarde de tofu e alfarroba. Se podia dispensar? Podia. Mas não quis. Quando me sinto cansada, sinto também mais necessidade de comer. Não pela fome mas pela energia. E hoje, fui um desses dias. A semana passada todos os dias pensei em comer esta tarte, e resisti, hoje rendi-me. Esta é um tarte dietética, não leva açúcar nem gordura. (Segundo a senhora do café. E eu acredito) De qualquer maneira, não convém abusar. Hoje matei o desejo e esta semana estou proibida de voltar a pensar nela. :)


quinta-feira, 24 de maio de 2012

Ontem lá fomos nós correr. Juro que não percebo como é que o A. tem tanta resistência nem como é que eu simplesmente não me arrasto a correr.
Fico ofegante. Sinto-me pesada e parece que não posso com o meu peso.
Depois sou invadida por um misto de sentimentos. Apetece chorar. Desistir. Parar. Voltar para trás. E penso e digo ao A. que não quero saber mais de correr. Que não vou massacrar-me com uma coisa que não me dá prazer nenhum. Que vou voltar às minhas aulas de cycling e rpm porque aí sim sinto-me como um peixe na água. Ou que vou deixar tudo...
O A. diz: Tu já correste mais do que corres agora. Tens que te esforçar.
Eu: Nessa altura eu tinha menos 7kg.
Ele: Por isso mesmo, tens que ter força e ignorar a dor.

O A. incentiva-me e eu fico ainda mais irritada. E ele diz que sou uma "resmungou-na", e sou. Felizmente tem muita paciência para me aturar.

O meu peso não baixa e não tenho feito asneiras. Aliás, esta semana fui á nutricionista e a única coisa boa é que aumentei massa muscular e diminui a massa gorda. Mas aumentei as medidas, principalmente no abdómen. E sinceramente... não percebo porquê. Na balança da nutricionista continuo na casa dos 60. Estava com 60,200kg apenas menos 600g que na última vez... (Em casa, de manhã, tenho 58,900kg) Enfim... Não desmotivei. O facto de a corrida não estar a correr bem desmotiva-me mais.

Ontem atingi níveis altos de frequência cardíaca mas não tive problemas em adormecer. Medi a minha pulsação mais tarde, já em casa, depois de jantar, manualmente e estava a 80bpm. Passado pouco tempo estava já em 60bpm. Consegui adormecer sem problema.

Hoje é um novo dia, e hoje acho que vou a uma aula de cycling. E só volto a corre na próxima semana.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Hoje comi uma mixórdia ao almoço que me soube mesmo bem.
Comi favas. Uma espécie de favas guisadas. Refoguei um pouco de cebola com um pouco de azeite e água, juntei alho, salsa, pimentos e polpa de tomate. Adicionei as favas e cenoura. Deixei cozinhar e quando as favas estavam quase cozidas juntei umas salsichas de peru.
Juro que quando olhei para aquilo não achei que tivesse muito bom aspecto. Afinal até estava muito bom. Gostei da experiência e irei repetir com certeza. Até porque estamos no tempo das favas e a minha mãe este fim de semana arranjou um saco delas. (Que eu já dividi com a minha sogra, porque não conseguia comer aquilo tudo sozinha)
Confesso que quando olhei para aquela mixórdia não achei que tivesse muito bom aspecto, hoje (fiz ontem para trazer hoje para o meu almoço) ao almoço deliciei-me. Estava uma refeição leve, sem gordura, saborosa e saudável.
Comi com brócolos cozidos.

Ontem fui correr, fiz o mesmo percurso do outro dia mas num tempo superior. Custou-me muito mais que na sexta-feira. Talvez seja pelo facto de ter o nariz congestionado e estar com imensa dificuldade a respirar e controlar a respiração. O meu medidor de frequência cardíaca atingiu níveis muito altos, muito acima dos 90%, onde é suposto nunca se chegar mas eu atinjo com alguma facilidade. Ainda não percebi se é o medidor que está avariado ou se sou mesmo eu que atinjo estes níveis... Em todo o caso, já fui ao cardiologista e ele disse-me que não devia nunca ultrapassar 150bmp (o equivalente a 80%) porque isso é muito prejudicial. Na altura fiz todos os exames e os resultados foram "um coração perfeito".
Agora não percebo porque o meu medidor apresenta estes valores, há quem diga que aquela afirmação não pode ser assim tão linear... Não sei.
Sei que continuo atingir níveis altos de frequência cardíaca e que se estiver abaixo dos 80% tenho a sensação que o não estou a treinar... ontem, por tudo o que já referi, num momento olhei para o meu monitor e vi um 98%. Estava muito ofegante, estava. Mas continuo a achar que o monitor está avariado... (mas dizem q não está. E eu já  usei um de outra marca e os valores que atinjo são igualmente altos)

Depois de tudo isto, tive imensa dificuldade em adormecer. Estava com palpitações, o meu batimento cardíaco estava alto e não conseguia adormecer. Poderia ter sido da L-Carnitina, pois o sintoma era exactamente igual mas não, ontem não tomei. Seria do chá verde que tomei de manhã?! Do descafeinado que tomei de tarde?!
Não sei, mas preocupa-me.

sábado, 19 de maio de 2012

Ontem foi de corridinha.
O A. convenceu-me a ir ao ginásio. Saí do trabalho e vim direitinha para casa, convencida que não iria ao ginásio. Estava cansada. Tinha algumas dores no pé, no joelho e nas costas.
O A. perguntou: Tens muitas dores?
Eu: Não.
Ele: Então podes ir ao ginásio.
E assim, por volta das 20h30 lá fomos nós. Convenceu-me a ir correr para a rua e eu corri 23mn sem parar. :-O Não acredito!!!
Não foi excelente mas foi muito bom. E eu gostei, sobretudo porque superei aquilo que costumo fazer mesmo sem ter corrido no último mês.
Claro que o A. começou logo delinear objectivos. "Até ao verão temos que ir até X e voltar." Eu: .-O
Veremos...
Depois ainda fomos à sala de musculação onde fiz exercícios de pernas (estou toda partida) e braços.

Isto não é normal, mas ando a ficar com menos entusiasmo para as aulas de bike... Eu que pedalo há 4 anos... uma utente assídua, empenhada... estou a perder o entusiasmo... (?)

sexta-feira, 18 de maio de 2012

O meu almoço:


Salada de alface, tomate, pepino, espinafres crus, massa fusili e atum ao natural. Gostei muito.


Lanche: (hummm... ainda estou a saborear)


1 maçã raspada, canela, 1 colher de sopa de farelo de aveia e o iogurte natural.

Misturei tudo, juntei mais canela (ADORO) e:




Para quem gosta do saber da canela (como eu), faça o favor de experimentar. Ficou muito bom. É um lanche com um toque diferente e saudável.


Eu hoje almocei por volta das 13h15 e comi uma salada de atum com "atum ao natural", espifres cru, tomate, pepino, alface e massa fusilli (umas 3 colheres de sopa). (Mais tarde coloco  a foto)
Ás 15h25 já estava a ficar com fome.
São 15h45 e acabei de comer 3 bolachas integrais.

E continuo com fome...
Será normal?

Fome e sono. Eu não sei porquê mas eu acho que no meu caso estes dois factores estão relacionados.
Sim, porque acontece-me muitas vezes almoçar e apesar de sentir o estomago cheio continuo a sentir uma sensação de fraqueza, cansaço, falta de energia, fome... junto com aquela sensação de querer jogar-me para qualquer sitio e dormir umas horinhas.
É só a minha que me acontece?
Será o quê?
Falta de hidratos?
Por exemplo, ontem almocei (bolonhesa e legumes) e logo depois sentia uma sensação de instisfação, fraqueza, fome... fui comprar uma tarte de tofu e alfarroba, comi e aquela sensação desapareceu. Recarreguei energias e tarde de trabalho correu bem.

Hoje, estou assim. Com aquela sensação de cansaço que eu associo à alimentação.
Não percebo...
Acho que comi bem...


quinta-feira, 17 de maio de 2012

Este foi o meu jantar.
1 sopa sem batata, e uma salada com alface,tomate, pepino, cenoura, beterraba e 1 salsicha de peru. Adicionei oregãos, mangericão e sementes de chia.
BOLAS!! Estou super cheia e não consegui comer tudo. Acho que exagerei na quantidade.

Hoje fui ao ginásio, há 1 semana que não treinava. Não correu muito bem, há algo de errado com o meu pé/calcanhar/solear... sei lá.
Nos últimos 2 meses acontece-me isto nas aulas de bike. Fico com dores no meu pé direito, começa no calcanhar, estende para a sola do pé e para o sólear. Ao inicio pensei que fosse sobrecarga, porque esta dor começou após 2 semanas de treino intenso, mas pelos vistos não é...

E as minhas refeições têm sido mais ou menos isto:



Bolonhesa de frango com massa fusili e espinafres. Esta bolonhesa ficou muito boa, inventei e no 123 triturei 1 peito de frango, 1/2cenoura, um pedaço de courgete, nabo, cebola e pimentos. Depois refoguei com um pouco de azeite. polpa de tomate, gengibre moído, pimenta cayenne, alho, pimentão doce. Ficou deliciosa. Uma experiência a repetir.



Uma sopa igualzinha de hoje com e uma salada com alface, tomate cherie, beterraba, cenoura e 2 fatias de fiambre de peru. Aqui também adicionei as sementes de chia e os oregãos.


Aqui é o resto da bolonhesa de frango e legumes com grão de bico e salada.

Coisas simples, saudáveis e que eu gosto.

Agora vou ali passar a ferro e ver se gasto o jantar de hoje, porque ainda me sinto muito cheia.



quarta-feira, 16 de maio de 2012

Ontem não fui ao ginásio, ao final do dia a enxaqueca piorou e ao mais pequeno movimento a minha cabeça parecia rebentar.
Quando era mais nova, tinha enxaquecas com muita frequência, depois quase desapareceram, entretanto tenho tido enxaquecas todos os meses, mais precisamente nos últimos dias do período.
Nunca me preocupei muito com isto, por não serem muitas intensas. Contudo, acho que, apesar de não se assemelharem às que tinha antigamente, têm sido cada vez mais intensas. Da próxima vez que for ao médico, se me lembrar, vou falar-lhe nisto.
Ontem o meu final do dia não fui muito agradável... O A. foi ao ginásio e quando chegou a casa apercebeu-se que tinha deixado a aliança de casamento lá. Ainda foi lá mas quando lá chegou já não havia ninguém. Ele tinha sido o último a sair (dos utentes), os funcionários devem ter saído logo depois. Porque eu liguei enquanto ele ia a caminho e já ninguém atendeu...
Fiquei tão desapontada, desiludida... por ele ter perdido a aliança de casamento.
Chorei, chorei como se tivesse perdido alguém. Até que ele me disse, o mais importante era estar ali ao meu lado. E era, efectivamente era. Mas a aliança... como podia ele ter pedido a nossa aliança...
Fiquei ainda mais revoltada porque eu não levo a minha aliança e estou sempre a dizer-lhe para não a levar ou então deixar no carro. Ele nunca me ouve, leva e deixa no cacifo. Ontem saiu a correr porque era o último no ginásio e esqueceu-se da aliança lá dentro do cacifo.
Pensei que não conseguiria dormir, a minha enxaqueca multiplicou-se. Felizmente, adormeci e acordei por volta das 6h15, hora em que o despertador tocou e ele levantou-se e foi ao ginásio ver se a aliança ainda estava.
E estava, ele foi o último a sair às 23h da noite e o primeiro a chegar ás 7h da manhã.
Fiquei contente. Muito contente.
Mesmo que viéssemos a comprar outra, além de sair muito caro e ser uma despesa que não dava jeito nenhuma, não era a mesma coisa, não era mesmo.
Mas apareceu, e eu fiquei feliz, Fizemos as pazes. (Quer dizer, nem sei se estávamos chateados. Eu estava triste... isso sim)

Voltou para casa com uns croissants quentinhos para o pequeno almoço.

Eu ainda estou a trabalhar. Terminei o mapa que me foi pedido e estou à espera para falar com a minha directora para entregar. E entretanto já devia ter saído à 1h.

terça-feira, 15 de maio de 2012

O dia hoje está a custar tanto a passar.
Estou com sono, dores de cabeça... e sinto-me cansada.
Dever ser fruto deste calor... Espero que sim.
Espero que depois do corpo habituar-se a este tempo já não me sinta assim...

A semana passada estive pior e associei à TPM, pensei que esta semana já estava curada de tanto sono e cansaço, afinal hoje á tarde voltou com menor intensidade...

Hoje, estou sem vontade de ir ao ginásio... Mas tenho que voltar e quanto mais adiar mais difícil é o regresso.

Que sono... mal consigo ver o que escrevo....

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Hoje...
fazemos 9 meses de casados e o A. quer ir jantar fora...

A dieta recomeça amanhã...
O meu fim de semana fui óptimo.
Estive o fim de semana fora, saí sábado ás 9h30, voltei por volta das 20h30 apenas para tomar uma banho e trocar de roupa, voltei a sair e regressei ontem por volta das 22h.
Sábado passado na serra a ver rally. Ao final do dia fomos para casa dos meus pais e ficamos lá até ontem à noite.
Adorei ter ido para lá no sábado, acordar lá no domingo... faltou mesmo dormir na minha cama de solteira. :D Mas não consegui deixar o A. sozinho e optei por ficar com ele no quarto onde tem uma cama para dois.
Ontem tivemos um almoço de família em casa dos meus pais, éramos poucos por infelizmente a maior parte da família está fora, mas foi muito agradável.
Um acordar radioso, com os chilrear os passarinhos, o grasnar das rãs, o cacarejar no galo... O A. provavelmente não achou este acordar nada engraçado, eu gostei, matei saudades.

Coisas tão pequenas, para uns insiginificantes mas para mim, este fim de semana, soube-me mesmo bem. :)

Em relação à alimentação, não foi muito famosa. Comi demasiado pão (feito pelos meus pais em forno a lenha) e demasiados doces. Mesmo demasiado. As refeições principais até foram saudáveis o problema foram os "extras".
Nem me pesei hoje porque sei que iria assustar-me.

Apartir de hoje, tenho que voltar a controlar o que como e a fazer exercicio fisico com mais frequência.
Ontem sentia-me pesada... desconfortável.
Sim é o calor, mas penso que com menos 4kg já me sentiria melhor até com o calor.
Por isso, vou comerçar novamente a postar o que como, com ou sem fotos... mas vou.


quinta-feira, 10 de maio de 2012

Meninas que percebem de alimentação saudável, nutrição desportiva e suplementos....

alguém conhece a L-Carnitina?
Alguém já experimentou?
E efeitos indesejáveis?

A minha nutricionista (que é especialista em nutrição desportiva) já me recomendou isto há muito tempo. Diz que é excelente para queimar gordura, e eu no meu caso tenho uma percentagem elevada. Já comprei há imenso tempo, já tomei umas 4 vezes mas não me dou nada bem com aquilo.
A minha nutricionista diz que não se conhecem efeitos indesejáveis, pelas pesquisas que fiz também fiquei com essa ideia. Todas as pessoas podem tomar.
Eu... não consigo. Tomo 1h antes do exercício físico, pois ajuda a transformar a gordura em energia, o treino corre bem, sinto-me com mais energia e com um melhor desempenho. Saiu do ginásio bem, estou em casa bem, na hora de dormir, não consigo adormecer. Ou melhor, mal fecho os olhos, parece que me falta o ar e o coração dispara. Fico aflita.
A nutricionista não reconhece isto como sendo da L-Carnitina mas toda a vez que tomei aconteceu-me isto. Já fui ao cardiologista inclusive e está tudo bem com a minha máquina.
Ela não percebe, eu não percebo. Mas ela diz que nem todas as pessoas são iguais, não encontra explicação mas se realmente me faz mal o melhor é não tomar.
Ontem, tentei novamente e aconteceu o mesmo. 3h da manhã ainda andava ao pulos.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

De regresso à Selva.
Oh páh... eu estava tão bem em casa... (Confesso que não gosto de dizer isto, não vá o diabo não ser surdo, cego e mudo e mandar-me para casa por razões menos boas)
Foram apenas 10 dias mas parece que foi um ano, está a custar tanto mas tanto, tanto estar aqui.
Energia é nenhuma. Sinto um estranho cansaço. (Será possível sentir isto quando se vem de férias?)
Ao trabalho não voltei com grande ânimo...
Estou cheia de sono.
Só me apetece comer. E já comi ao 1º lanche da tarde as bolachas que diz no meu plano mais o equivalente a dois lanches.
Estou a começar bem, estou estou.
Nesta última semana não tive muito cuidado com aquilo que comi, mas também não foi assim tão mau, já tive férias bem piores, nutrcionionalmente (esta palavra foi inventada por mim)  falando. :D

Acabei de tomar a pílula, o período deve chegar lá mais para o final da semana, 6ªfeira, será que este cansaço é fruto disso?
Hoje tomei magnésio após o pequeno-almoço, na esperança que isto ajude nos meus ataques de ansiedade...
Ando na esperança que a nova pílula ajude também a este nível.

Ontem tive a ver parte do bruto do nosso video de casamento (foram 4h, ainda faltam metade). É tão bom recordar.
Que saudades daquele dia.
Eu daria qualquer coisa para poder voltar a viver aquele dia.
Infelizmente, é impossível.
Daqui a pouco mais de três meses estamos a celebrar o nosso primeiro aniversário de casamento. Passa tão rápido...
( E eu gostava de ter menos 5kg como naquela altura)

E o meu primeiro dia depois das férias está a ser... uma seca.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Não, não desapareci.
Apenas estou de férias, e ando a aproveitar para não fazer nenhum. Ou melhor, os primeiros dias desta semana foram muito atarefados e cansativos. Com as mudanças chegava ao final do dia e não sobrava energia para nada mais além de esticar-me no sofá.
Mudanças feitas, depois só apeteceu aproveitar as férias e a minha casa.
A alimentação não tem sido a ideal mas também não tem sido assim tão má. Ou melhor, vou reformular, a alimentação até foi boazinha, o problema são os extras, sempre os extras.

Infelizmente hoje já é o meu último dia de férias... Próxima semana volto ao trabalho e já imagino o que me espera por lá...
Tem que ser, não é? E felizmente tenho trabalho.

Estas férias serviram para descansar (depois das mudanças), ver muita tv, organizar a casa, decorar um dos wc que ainda estava por decorar (e eu já estava cansada de ver aquele wc tão nu)... e pouco mais.
Mas têm sido boas.

Ainda fui ao médico e tive a feliz noticia que os meus ovários estão "livres" de quistos. E segundo o ginecologista, prontos para engravidar. (mas por agora ainda não está nos nossos planos)
Mudou-me a pílula para uma mais fraca e com isto eu espero "desinchar" um pouco e diminuir os sintomas depressivos na segunda metade do ciclo. (Que segundo o ginecologista, a pílula que tomo contribui para isso).

Não fiz tanto exercício físico como queria e tanto quanto gosto de fazer quanto estou férias mas ontem ainda consegui fazer uma aula de bike ás 9h da manhã e outra ás 21h e ainda passei pelo SPA. Soube-me pela vida...

Ainda recebi umas amigas em casa para um jantar combinado no último minuto mas que é daquelas momentos que não trocava por nada.~

E tem sido assim as minhas férias, calminhas mas muito boas.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Eu ontem dei-me ao trabalho de fotografar as minhas refeições, incluindo lanches mas... acabou por "desaparecer" tudo e só fiquei com o almoço.

Hamburguer de perú grelhado, massa e bróculos. Não fiquei muito adepta deste hamburguer da Iglo, acho-o muito gorduroso e demasiado condimentado/salgado.

E o almoço de hoje:


Tomate cherry, couve flor, espinafres, massa, ovo e 2 fatias de uma bola de mozzarela.

Mas, como os olhos também comem, eu não resisti e tive que misturar tudo isto antes de comer. E até acho que ficou com muito mais apelativo, não acham:


Temperei com oregãos, mangericão, pimenta preta moída, vinagre balsâmico de Modena e azeite.

GOSTEI!!

Agora vou começar ali voltar a limpar a cozinha e o chão da minha casa para logo ao final do dia começarmos nas mudanças. Espero já dormir na minha casa esta noite.
Amanhã é dia de casamento, não sei como vai correr a dieta, não prometo ser muito rigorosa de qualquer forma vou tentar ser o mais razoável possível.
Provavelmente só cá volta na segunda feira. Um bom fim de semana todas. E portem-se bem.
E o meu novo plano é o seguinte:

P.A. (8h15):
1 kiwi
6 c.sopa de cereais integrais ( HC dos quais açucares < 20g/100g e fibra>5g/100g)) + 200ml de bebida de soja

Meio da manhã (10h30):
1 iogurte liquido (HC dos quais açucares < 6g/100g)
3 a 4 bolachas integrais simples ( HC dos quais açucares <15g/100g e fibra>7g/100g)

Almoço (13h):
Peixe (controlar marisco e moluscos ou Carne (sem porco, vaca máximo 2 vezes/por semana) ou ovos
4 colheres de sopa de arroz ou massa ou 2 batatas médias
Salada e/ou legumes (sem restrições)
1 c.sopa de azeite

1.º Lanche (16h):
1 peça de fruta: 1 maçã ou 1 pêra ou 1 laranja, ou 2 tangerinas ou 2 kiwis ou 1 fatia de abacaxi ou 1 fatia de melão ou 1 fatia de melancia ou 1 nectarina ou 1 pêssego ou 7 a 8 morangos
3 a 4 bolachas integrais simples

2.º Lanche (18h):
1 pão integral + 1 fatia de fiambre de aves ou manteiga magra
1 iogurte sólido/liquido ou 200ml de leite magro ou 1 queijo fresco magro

Jantar (20h):
Sopa de legumes sem batata
E/ou
Peixe (controlar marisco e moluscos ou Carne (sem porco, vaca máximo 2 vezes/por semana) ou ovos
Sem arroz massa ou batata
Salada e/ou legumes (sem restrição)
1 C.sopa de azeite

Ceia 22h (opcional):
1 iogurte sólido/liquido ou 200ml de leite ou 1 queijo fresco magro
3 a 4 bolachas integrais simples

O que vos parece?


Este post estava agendado para hoje ás 9h da manhã (mesmo antes de algumas meninas pedirem para partilhar), mas não sei porquê isto não funcionou.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Estou de férias, mas estou com um pressentimento que o meu telemóvel vai tocar e do outro lado vou ouvir a voz do meu chefe a pedir para interromper as férias.
E eu, claro, não vou conseguir dizer que não posso e lá vou eu trabalhar com um grande ânimo.

Em relação à casa, terça-feira recebemos a casa. Ontem passei o dias nas limpezas e não imaginam a minha revolta quando chego ao final do dia, lavo o chão da cozinha e apercebo-me que o chão está riscado. E que eles não tinham feito nada mais que ter colocado cera para esconder os riscos. E ao lavar com água e detergente aquela gordura caiu toda...
E mais, de joelhos a limpar os rodapés apercebo-me que o senhor pintor, que o meu marido tanto diz que é bom, esqueceu-se que deveria ter escovado as paredes antes de pintar, para assegurar que as paredes não tinham o pó que levantou quando o chão foi lixado... Assim as minhas paredes brancas estão misturadas com pó amarelado proveniente do soalho...

Digam lá, eu sou muito exigente ou isto é uma grande aldrabice?

Bem... conclusão, hoje lá foi o meu marido reclamar mais uma vez. E lá vão eles polir o chão da cozinha, e eu a rezar para que resulte. E amanhã o pintor vem ver a m---- que fez.

BOLAS!!!
Está difícil voltar para casa...

Noticias actualizadas, agora tenho uma coisinha para vos contar.
Hoje fui à nutricionista. Mas desta vez fui aquela que eu ia há 1 ano atrás. Não me sinto muito bem com isto, pois fiquei com aquela sensação que atraiçoei uma amiga. 
Como sabem tenho uma relação próxima com a nutricionista que tenho ido nos últimos tempos, só que agora cheguei à conclusão que não está a funcionar.
Ela já não me dá plano porque diz que eu sei bem o que devo fazer, e eu fico indisciplinada. Sim, eu sei que isso deveria depender de mim...
Depois de seguir o blogue da primeira nutricionista, e por ter acompanhado a sua carreira e o reconhecimento, resolvi que devia ir com ela novamente.
E assim lá fui eu hoje de manhã.
Tenho um plano diferente daquele que eu costumo seguir com a outra nutricionista e muito mais exequível. No entanto, limitou-me a fruta a 2 peças por dia, tenho hidratos ao almoço e ainda como pão ao lanche. Parece que como muito, pelo menos como mais que o habitual. Mas acho que merece uma tentativa, talvez menos restritivo tenha melhores resultados.
O que achei "interessante" é que desaconselhou as papas de aveia e os frutos secos. Diz que costuma recomendar as papas de aveia quando é para aumentar peso e que os frutos secos são óptimos para a saúde mas para a perda de peso não.
Mais uma vez disse-me que eu sou muito exigente comigo própria e que é por isso que depois tenho o resultado contrário. (Eu nisto já pensei muitas vezes...)

Assim sendo, vou tentar este plano 1 semana e ver os resultados.